Como estudar para o ENEM 2021

Como estudar para o ENEM 2021? Não conhece os conteúdos mais cobrados no exame? Neste artigo vamos apresentar algumas dicas de como estudar para o Exame Nacional do Ensino Médio.

O Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), juntamente com a autarquia do Ministério da Educação (MEC) são responsáveis por organizar o exame brasileiro. Desse modo, a divulgação do edital do Enem 2021 provavelmente ocorrerá no fim do mês de abril ou início de maio. Além de contar com todas as regras, o documento também apresentará o cronograma com as datas oficiais desta edição. Todavia, mesmo sem a confirmação dos dias das provas, é importante iniciar os estudos com antecedência para sair na frente da maioria dos concorrentes.

10 dicas para mandar bem nas provas do Enem 2021

TREINEIRO ENEM 2021Sabendo da importância que a nota do Enem 2021 tem na realização do sonho de milhões de estudantes brasileiros, que lutam pela aprovação nos processos seletivos do MEC que garantem a permanência e o acesso ao ensino superior no Brasil, separamos as 10 principais dicas para estudar para as provas. Veja abaixo:

Primeiramente o estudante precisa conhecer o Enem. O Exame Nacional do Ensino Médio vem tomando conta dos pioneiros e tradicionais vestibulares do país. Contudo, ele é diferente das provas normais e torna-se um pouco mais complexo, seja pela maneira com que aborda o conteúdo (competências, habilidades, níveis fácil, médio e difícil), ou pela forma com que é corrigido, pela TRI (Teoria de Resposta ao Item), que não avalia apenas a quantidade de acertos do estudante.

Pela proporção do Exame, é essencial ler e ficar por dentro de como ele é organizado e constituído. Para isso, além de todos os artigos já publicados em nosso site, o portal do Inep possui um espaço especial para o Enem, acessível no endereço https://enem.inep.gov.br. Nele, o candidato encontra as regras das provas, legislação, documentos e, ainda, conta com o espaço “Fale Conosco”, onde o estudante pode entrar em contato direto com o Instituto. Além disso, o Inep também disponibiliza a matriz de referência, assim os estudantes poderão saber por onde começar a a estudar.

Começar a estudar para o Enem 2021 com antecedência

Eventualmente as provas do Enem 2021 sejam aplicadas duas vezes no ano, sendo uma digital e outro regular. As prováveis datas serão 3 e 10 de outubro e 7 e 14 de novembro. Quem mais aproveitar esse longo intervalo de tempo terá maiores chances de conquistar uma boa nota no Exame. O conteúdo das provas é muito vasto, deixar para estudar na última hora é uma péssima escolha.

Montar um cronograma de estudo para o Enem 2021

O primeiro passo para quem quer organizar os estudos é montar um cronograma detalhado, que deverá ser seguido até o mês de aplicação do exame. É interessante o estudante analisar o horário em que sua mente rende mais, o reservando, de preferência, de segunda a sexta-feira. Duas horas por dia é ideal. Passando disso, o rendimento começa a cair e o conteúdo deixa de ser assimilado.

Os cronogramas deverão ser feito diariamente, assim variando todas as matérias. Não é indicado repetir o mesmo calendário todas as semanas, pois a tendencia é que o rendimento caia, varie o assunto e foque mais naquelas matérias que mais possuem dificuldades.

Respeitar os limites da mente e do corpo

O corpo humano dá sinais de cansaço. O estudante precisa perceber esses sinais e não forçar quando estiver esgotado. Com a mente nesse estado, o cérebro não consegue mais captar as informações e a rotina de estudos começa a ficar cansativa e entediante. Desse modo, separe um dia da semana para ter uma “folga“, foque naquilo que mais gosta de fazer seja sair com os amigos, jogar vídeo game ou ver televisão. A tendência é que o gás seja renovado e que de um pouco de descanso para você e assim o celebro não trabalhe muito.

Classificar as matérias com maior dificuldade

Cada pessoa possui afinidades e dificuldades em diferentes áreas de conhecimento. Com as matérias do Enem 2021 não é diferente. Desse modo, é importante que o estudante selecione as matérias com maior dificuldade, reservando um tempo especial a elas. Muitos especialistas orientam começar o estudo diário pelo conteúdo mais fácil, deixando o mais difícil para o final, mas isso pode variar de pessoa para pessoa. Faça um teste com essa ordem de dificuldade e adote a rotina que perceber um melhor desempenho.

Escolher um bom ambiente de estudo

Não adianta nada começar a estudar com antecedência, ter um cronograma bem montado, mas não ter um ambiente favorável ao bom desenvolvimento dos estudos. Escolha um local calmo, confortável e o deixe sempre organizado. Assim, as coisas vão fluir com muito mais facilidade.

Desenvolver o hábito da leitura e acompanhar as notícias nos veículos de comunicação

As questões das provas do Enem 2021 terão enunciados que vão exigir raciocínio lógico e interpretação do candidato. Desse modo, é importante que o participante desenvolva o hábito da leitura, aguçando sua capacidade de interpretar o que lê.
Outro fator importante é o acompanhamento das notícias do cotidiano, visto que o Exame é sempre atual, principalmente quando se trata do tema da redação do Enem 2021 , que será escolhido entre os assuntos que mais chamarem atenção até a véspera das provas. Quanto mais o candidato puder acompanhar jornais escritos, televisionados, revistas e internet, melhor.

Escrever sobre os temas que mais chamam atenção

Ao acompanhar as notícias atuais, selecione as principais e escreva, pelo menos duas vezes ao mês, sobre o tema. A redação do Enem 2021 é de caráter dissertativo-argumentativo, onde o candidato precisa mostrar domínio do tema, apontando possíveis soluções sobre o eventual problema em questão.

Resolver simulados

Uma boa maneira de praticar, fixando ainda mais o conteúdo estudado, é resolvendo simulado do Enem 2021. O candidato, além de se familiarizar com os tipos de questões do Exame, pode controlar o tempo de resolução. As provas terão 90 questões por dia. Existem vários simulados disponíveis na internet, nos principais portais da educação.

Escolher um bom material de apoio

A última e não menos importante dica é sobre a escolha de um bom material de estudo do Enem 2021. Existem vários disponíveis no mercado, mas são poucos que conseguem abordar todo o conteúdo das provas.

Sem dúvidas, o melhor deles é a apostila do Enem 2021, que contém todas as matérias do Exame, abordadas de maneira simples e direta. Além disso, o próprio material conta com todas as questões e gabaritos das edições anteriores das provas. Não perca tempo. Adquira logo a sua apostila e comece seus estudos!

Fique por dentro das atualizações da nossa página curtindo o Enem 2021 no facebook. Caso preferir acesse o Guia do Enem no Instagram.

1 comentário em “Como estudar para o ENEM 2021”

Deixe um comentário